Preços na fotografia de casamento: por que são tão diferentes?

Preço é o que você paga, valor é o que você leva

Já se deparou com alguma situação parecida?
Você precisa de um serviço específico, ai resolve orçar com diversos profissionais e encontra preços completamente diferentes. Tão diferentes que parece que um ou outro cobra um valor abusivo. Já aconteceu com você? Comigo já e é bem comum! O mais interessante é que na maioria das vezes o profissional que você mais gostou é o único que não cabe dentro do orçamento previsto para tal serviço.

Mas vamos buscar entender essa situação juntos? Preços na fotografia de casamento: por que são tão diferentes?
Tenho algumas teorias a respeito disso. Vou começar o texto com uma frase para pensar:

“Preço é o que você paga, valor é o que você leva”
PREÇOS NA FOTOGRAFIA DE CASAMENTO: POR QUE SÃO TÃO DIFERENTES?

Muita gente tem dificuldade de entender os motivos dos preços na fotografia de casamento serem tão diferentes. Enquanto um fotógrafo cobra X o outro cobra 5x.

Vou explicar alguns motivos de como e porque é possível encontrar valores tão baixos que parece fazer com que alguns profissionais queiram te assaltar pelo valor do trabalho deles custar duas, três, quatro, até cinco vezes mais que outros.

No mercado de casamento existem fotógrafos e fotógrafos.

  • O mercado é composto por fotógrafos em início de carreira e em alguns casos, já preparados para executar os serviços, mas, ainda sem um grande portfolio, o que de certa forma o obriga a “brigar” com a concorrência através de preço. E existem outros não tão preparados para atuar como fotógrafo de casamento, que também querem entrar no mercado e, por isso, cobram bem barato.
  • Existem também fotógrafos que não tem conhecimento nenhum em administração e finanças. Este caso é mais complexo que o primeiro, pois, essa empresa fica sempre na berlinda e não oferece tanta segurança a quem o contrata. E isso pode ser encarado no sentido de não conseguir se sustentar até o seu casamento e também em não entregar o mínimo que você espera.
  • E por último existe um grupo menor, que, além de fotógrafo, é empresário. Este faz plano de negócio, de crescimento, tem metas a cumprir. Sabe o custo e depreciação de cada um dos seus equipamentos, material de escritório, aluguel, energia, internet, telefone e de cada minuto que ele dedica a sua empresa e aos casais que o contratam. Este profissional leva em conta todos os custos que ele tem para formar o seu valor.

Ai eu te pergunto:
– Qual profissional VOCÊ acha mais qualificado para fotografar o seu casamento?
– Qual te passa mais segurança?
– Qual parece atender mais as suas expectativas?

É impossível o fotógrafo do último grupo competir com os dois primeiros quando o assunto é preço! Cabe a você decidir o que é mais importante: segurança ou sorte.

“Só percebemos o valor da água depois que a fonte seca”

PREÇOS NA FOTOGRAFIA DE CASAMENTO: POR QUE SÃO TÃO DIFERENTES?

Muitas vezes, aquele fotógrafo que é bem mais barato não tem experiência alguma e isso não é falado. Ele está começando a carreira ou até se aventurando nesta profissão e cobra valores que normalmente não pagam nem o seu próprio custo para realização do trabalho. Eu sei que dói ler isso, até porque já fui iniciante também. Mas sabe o que dói mais? Ter fotos ruins ou que não representam o mínimo que o seu casamento foi!

Acontece até deste tipo de fotógrafo ir para o casamento com apenas uma câmera, uma lente e um flash. Consegue imaginar se algum desses equipamentos para de funcionar durante o casamento?! Além disso este fotógrafo às vezes não se dá conta que fotografar o casamento é apenas a parte boa do que ele faz. E infelizmente, esta parte boa não representa nem 10% de todos os serviços.

Para piorar, acaba não considerando o tempo que vai levar para fazer a pós produção das fotos do casamento. Editar todas as fotos, mesmo com tratamento básico, diagramar o álbum, tratar as fotos para o álbum, equalizar as cores para não deixar o álbum com cores estranhas e desequilibradas…. Tudo isso toma muitas e muitas horas!

Com o passar do tempo, quem quer fazer deste trabalho sua profissão vai ganhando mais experiência a cada casamento. É imprescindível participar de cursos, congressos e seminários voltados para este segmento para se aperfeiçoar. Tomando essas atitudes se aprende a errar menos e entregar o melhor de si para cada casal. Mas, isso também tem custos.

Somos obrigados a investir em novos equipamentos para criar mais possibilidades, obter mais qualidade na fotografia e força à sua linguagem fotográfica – estilo do fotógrafo  – como falamos em outro post do blog.  Investir também em espaço físico com o conforto necessário para atender clientes, para seu próprio ambiente de trabalho e segurança para os arquivos.

PREÇOS NA FOTOGRAFIA DE CASAMENTO: POR QUE SÃO TÃO DIFERENTES?

Às vezes o “cobrar mais barato” esconde algo que só se descobre da pior maneira. Imagine que dentre tantos custos, o fotógrafo deixa de comprar um HD a mais apenas para backup dos seus arquivos. Arquivos estes que estão as fotos do SEU casamento. Imagine um cenário onde esse HD queima, ou se corrompe, cai e para de funcionar, é roubado, ou o local onde está armazenado pega fogo…  Como faz?

Sei que isso já aconteceu mais de uma vez bem perto de mim. Sei também que aconteceu em outros lugares, como aqui, aqui  e também aqui.

Sim, tem de pensar no pior cenário!! Sei que parece aterrorizante esse tipo de situação. Afinal, nunca se espera que aconteça justamente conosco. Correto?

Mas, pense comigo: de TUDO que se investe no casamento, tudo mesmo… Foto e vídeo são as únicas coisas – além da sua memória – que mostra como foi o grande dia e como valeu a pena viver este sonho. Por que economizar justamente nesses dois itens contratando uma empresa que não te passa confiança? Que pode colocar em cheque todo o investimento de tempo e dinheiro que você fez durante 10, 12, 14, 18 meses… Colocar em cheque no sentido de entregar algo muito abaixo do esperado.

“Confiança é a base de tudo!”

PREÇOS NA FOTOGRAFIA DE CASAMENTO: POR QUE SÃO TÃO DIFERENTES?

É natural que, considerando todos os motivos citados acima, o valor da fotografia de quem busca o crescimento profissional vai aumentar gradativamente. Até porque, o custo aumenta consideravelmente e um negócio só se torna viável se der lucro. É o famoso caso de “eu amo fazer, mas só amor não paga as contas”.

Quando os casais marcam o casamento, normalmente ainda não escolheram o fotógrafo. Começam pedindo orçamento a um e outro até ter dezenas de propostas. Com base na sua realidade financeira, no que desejam pagar, no que cada fotógrafo oferece e em muitos casos, por último, naquela fotografia que sonham para seu casamento, os casais selecionam com quem se reunir e conhecer mais do trabalho.

Às vezes são orçamentos de fotógrafos inexperientes e despreparados, que em sua maioria, é mais em conta financeiramente se comparado a fotógrafos com mais tempo de mercado, ou  que cobram valores acima da média por ter um nome forte. Ou simplesmente entendem que o custo do seu trabalho é maior e que ele precisa ter uma margem de lucro. Afinal, quem gosta de pagar para trabalhar?

Existe também neste meio, estúdios que trabalham com quantidade e que utilizam os preços mais em conta e que acabam faturando no volume. Em contrapartida, a fotografia do casamento deixa de ser pessoal. O fotógrafo dono do estúdio apenas atende. Geralmente é um ótimo vendedor, que mostra os mais belos álbuns que já produziram, mas na hora de executar o serviço nem dá as caras no casamento e aí o casal conhece os fotógrafos no dia. Para muitos isso não tem problema, para outros, faz total diferença.

PREÇOS NA FOTOGRAFIA DE CASAMENTO: POR QUE SÃO TÃO DIFERENTES?

A minha realidade sempre foi de investimento constante em aprendizado, estrutura física, tecnológica e material de primeira linha. Sei o quanto trabalhamos para entregar um serviço de qualidade, por estes motivos não consigo competir com boa parte da galera que praticamente paga para trabalhar.

Analisando friamente, como ter vontade de dar seu melhor numa situação onde o retorno é mínimo ou muitas vezes, até negativo?! Difícil conceber. Concorda? É algo como se seu patrão falasse para você devolver parte do salário que recebe para a empresa que trabalha. Faz sentido isso?

Quando alguém nos contrata, paga-se pelo nosso olhar, pelo profissionalismo, pela exclusividade, pela certeza que daremos o nosso melhor e por fim pelos produtos, que são os álbuns.

Quem nos contrata quer que a gente mostre através de imagens estáticas como vimos o casamento na cerimônia, na festa. E esperam ainda que sejamos criativos ao extremo nas fotografias de retratos e ensaios, imprimindo o nosso estilo de fotografar aliado a personalidade do casal.

Então você deve estar se perguntando, o que isso tudo tem a ver com preço e valor?!

Preço é o que você paga, valor é o que você leva!
PREÇOS NA FOTOGRAFIA DE CASAMENTO: POR QUE SÃO TÃO DIFERENTES?

Depois que o momento passou, infelizmente não da pra voltar atrás. Não vai ser a mesma coisa se eu editar as fotos de outro fotógrafo e montar o álbum. E acreditem, muita gente já me mandou mensagens e e-mails assim. Parte o coração, mas, não temos o que fazer. E não é só comigo que isso acontece. É importante se atentar bastante no momento da contratação para não se arrepender tardiamente.

“Mas Ueliton, o meu orçamento não fecha com o fotógrafo que eu quero contratar! O que eu faço?”

Reveja tudo que foi colocado como importantíssimo no seu casamento e pese para ver se realmente é tão importante assim. Tem muita coisa que é supervalorizado, tem o custo alto e no fim das contas, não faz a menor diferença no casamento.

E por último deixo mais uma reflexão: quanto vale para você ter imagens que reflitam o seu sonho mesmo depois de 10, 20, 50 anos? Nem o tempo apaga 😉

Já baixou o eBook As 12 melhores cidades para ensaios externos – ES”? Não?
Baixe agora gratuitamente e comece a pensar como e onde você quer seu ensaio pré ou pós casamento.

Abraços e até a próxima.